Democracia Directa – Visão Cristã

Segundo a graça de Deus que me foi dada, eu, como sábio arquitecto, assentei o alicerce, mas outro edifica sobre ele. Mas veja cada um como edifica, pois ninguém pode pôr um alicerce diferente do que já foi posto: Jesus Cristo. (ICoríntios 3, 10-11)

Os portugueses estão muito insatisfeitos com a democracia.

E, não se sentem bem representados.

Estas são duas das principais conclusões do estudo “Representação política – O caso português em perspectiva comparada”, organizado pelos politólogos André Freire e José Manuel Leite Viegas, do Centro de Investigação e Estudos de Sociologia do ISCTE.

A satisfação dos portugueses com a democracia bateu no fundo. (…) é o que se pode concluir do estudo “Representação política – O caso português em perspectiva comparada”, organizado pelos politólogos André Freire e José Manuel Leite Viegas, do Centro de Investigação e Estudos de Sociologia do ISCTE.
Este é o trabalho mais exaustivo que compara as opiniões e percepções entre eleitores e eleitos jamais feito em Portugal, em 2008, através de inquéritos à população e aos deputados. (…)
(…)
Mas há algo que é incontornável: os portugueses estão muito insatisfeitos com a democracia. “Não se sentem bem representados e esse sentimento tem vindo a aumentar.” Desde 1985, a satisfação regista o seu nível mais baixo em 2008. Mas os eleitores não colocam em causa a legitimidade democrática dos eleitos. Ou seja, os portugueses são democratas insatisfeitos, mas democratas, apesar de tudo. Ainda assim gostariam de participar mais, apesar do papel preponderante dos partidos no sistema político.
Freire arrisca mesmo dizer que nos últimos anos “os partidos tornaram-se meros instrumentos dos seus líderes”. (…)

Confiança na democracia bate no fundo
por Nuno Simas
Publicado em 1 de Março de 2010, no Público.
(sublinhados do transcritor)

notícia encontrada aqui
Anúncios

Filed under: autor: José, democracia, política, valores, , ,

2 Responses

  1. am.ma diz:

    (Politólogos??? O estudo da política virou ciência?)
    Não admira que não estejam satisfeitos: quando tentam participar mais activamente (estou a pensar em petições e manifestações, por exemplo), ninguém lhes liga nenhuma – nem a eles, nem às suas aspirações, e muito menos às suas contestações!
    É preciso URGENTEMENTE MUDAR este sistema de democracia!

  2. […] das organizações partidárias e dos poderes instituídos reconhecer, a bem, a expressão desta vontade e evoluir em conformidade com ela. Porque, – não duvidem – essa vontade virá a […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Abril 2010
D S T Q Q S S
« Mar   Maio »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Livros

Clique para descarregar

Clique para descarregar (NOVO)

Clique para descarregar

Clique para descarregar

Clique para descarregar

Clique para descarregar

Clique para descarregar

Clique para descarregar

Clique para descarregar

Clique para descarregar

clique para descarregar

clique para descarregar

Outros livros

Clique para descarregar

Clique para descarregar

Clique para descarregar

Clique para descarregar

Clique para descarregar

Clique para descarregar

Clique para descarregar

Clique para descarregar

Clique para descarregar

Clique para descarregar

Clique para descarregar

Clique para descarregar

Clique para descarregar

Clique para descarregar

Clique para descarregar

Clique para descarregar (NOVO)

%d bloggers like this: